__homemmesa

Você precisa cuidar melhor do seu dinheiro

Ouvi uma frase fantástica do Gustavo Cerbasi: “O dinheiro que ganhamos hoje não é para manter o mês. É um dinheiro para manter toda sua vida”. O que você entende sobre essa frase?

Ela contém um conceito básico sobre educação financeira, disciplina que infelizmente passa longe das escolas brasileiras. Alunos entram e saem depois de mais de uma década sem aprenderem nada sobre isso.

O resumo é: ou você trabalha para o dinheiro ou o dinheiro trabalha para você. Como você pode fazer o dinheiro trabalhar para você?

Quando tem uma vida orientada para seu futuro, você transforma parte de seu dinheiro em capital. Não entendeu? Sei, provavelmente você pense que dinheiro e capital são a mesma coisa, não é? Pois é, não é a mesma coisa. Capital é uma quantidade de dinheiro acumulado que é administrado fora do seu fluxo mensal de contas a pagar, disponível para você fazer algum negócio. Já dinheiro é o recurso que você dispõe para pagar suas contas.

Quando você acumula dinheiro, capital, torna-se capaz de colocar esse recurso para trabalhar para você. As taxas de juros cada vez mais altas no Brasil, se são ruins por um lado, por outro representam uma oportunidade de você ser melhor remunerado pelo seu capital. Imagine que você conseguiu ao longo do tempo acumular 1 milhão de reais. Esse dinheiro, remunerado a 15% ao ano, lhe renderá 150 mil por ano sem que você faça nada, como recompensa por você ter se esforçado bastante para acumulá-lo ao longo de anos. Esse é um exemplo do dinheiro trabalhando para você.

Como se acumula capital? Não tem milagre. Basta você não consumir tudo o que ganha. Basta você adaptar sua vida, com disciplina e foco, para desenhar um estilo de vida que lhe proporcione separar todos os meses um valor para a construção de seu capital. Tendo esse capital, você vai precisar aprender sobre as melhores alternativas para investir o dinheiro.

A maioria das pessoas passa uma vida com cheques pré-datados pendurados, contas atrasadas em bancos, cartões de crédito, além de pagar uma enorme quantidade de juros e mais juros, como consequência de sua impulsividade, falta de planejamento e disciplina. Resultado? Passarão a vida como pagadores de contas. Enquanto outros trabalham focados em construir seu capital, a fim de colocá-lo para trabalhar para seu bem estar.

O Portal Administradores trouxe o especialista no assunto, Gustavo Cerbasi, para falar sobre o tema.

Conheça essa série de palestras do Portal Administradores: https://bit.ly/1zJZ3Bg

Comentários

comentários