olharreto

Sinceridade contra as meias palavras

Uma comunicação maliciosa é aquela que deixa um duplo sentido, dando espaço para muitas dúvidas: “será que ele quis dizer isso?” É desnecessário dizer que esse mau hábito não é saudável e deteriora a confiança mútua, tanto no ambiente profissional quanto nos relacionamentos familiares e pessoais.

O melhor antídoto para lidar com essa prática é a comunicação sincera – na antiguidade, os escultores desonestos, para esconderem os defeitos de suas esculturas, usavam uma cera, uma espécie de maquiagem. A palavra sincera vem daí: sem cera, ou seja, sem maquiagem.

Um exemplo: “Fulano, eu entendi em sua comunicação que você deixou no ar um duplo sentido. Você pode me explicar melhor o que você quis dizer?” Com essa abordagem, bem educado e sereno, você vai trazer à luz o verdadeiro motivo daquela comunicação ou então expor a malícia do interlocutor, que vai ficar gaguejando e se justificando.

Para lidar com uma comunicação maliciosa e com duplo sentido, é preciso agir educadamente, sem cera, ou seja, de forma sincera. Do contrário, a malícia cresce, a ironia toma conta e os relacionamentos desabam.

Comentários

comentários