34_Havana

Momento histórico

Com a abertura econômica e o fim dos embargos dos EUA, anunciados pelo presidente Obama, que ainda precisa ser aprovado pelo Congresso, o capitalismo finalmente está chegando a Cuba.

Em pouco tempo, a pobreza generalizada dará lugar a uma vida com mais oportunidades para os que desejam sair da miséria, construir sua própria história com protagonismo e desfrutar a liberdade que por muito tempo lhes foi tirada.

A partir deste momento, as diferenças sociais passarão a existir na Ilha onde a igualdade por mais de meio século andou de mãos dadas com a escassez do básico. Todos iguais. Todos muito pobres. No entanto, daqui para a frente, neste novo cenário, o pobre ficará menos pobre ou, quem sabe, chegará à classe média, enquanto os pobres que se tornarão os novos ricos de Cuba vão poder aproveitar dos frutos de seu trabalho.

Haverá oportunidades de negócios em vários setores da economia, como no turismo, logística, educação, mídia, saúde, indústria, tecnologia, dentre outros, que vão atrair investimentos internacionais, o que produzirá o desenvolvimento do país, tirando do ar a cenografia de filme de época que ainda é possível presenciar na Ilha.

Brevemente, esbarraremos com GVs cubanos navegando nas redes sociais e comentando em nossas publicações. Não vejo a hora de interagir com cubanos em seus computadores da Apple, comprando o livro GV no eBay, interessados e sonhando em construir seu futuro. GVs cubanos, empreendedores cubanos, manifestando livremente sua opinião sem que sejam presos ou censurados por isso. Já imaginou que conquista para esse povo está por vir nos próximos anos?

A pergunta que fica no ar é: por quanto tempo o modelo político se sustentará? Por quanto tempo os que reinaram no poder vão abrir mão da ditadura e cederão à democracia? Qual será o destino político de Cuba? Esperemos que mude e eles experimentem a democracia.

Somos a geração que vai presenciar essas mudanças históricas da versão latino-americana da queda do muro de Berlim, onde mais uma vez a prosperidade terá a chance de vencer a miséria.

Comentários

comentários