unnamed

Esse é mesmo seu limite?

Qual é o limite da criatividade? E da inovação? Qual é o limite de uma nova visão? E das boas ideias? Qual é o limite da prosperidade? Qual é o limite de nosso potencial? 
Qual é o limite de nossa evolução?

Nosso limite está em nossa decisão, seja ela consciente ou inconsciente, de nos acomodarmos ou não. Nosso limite está em nossos medos não enfrentados que se transformam em covardia. Nosso limite está em aceitarmos referenciais baixos para nos espelharmos. Nosso limite está em nos sentirmos vítimas das circunstâncias em vez de levantarmos a cabeça e lutarmos para tirar as desvantagens sociais que herdamos.

Nosso limite está em não fazermos bom uso de nosso cérebro, uma máquina potente e com uma infinidade de combinações possíveis que são capazes de abrir infinitas oportunidades e ideias diante de nossos olhos.

Nosso limite está em não sabermos que podemos muito mais do que o mundinho que nos cerca tenta nos convencer. Se nos limitamos porque não sabíamos que poderíamos muito mais, ficamos limitados por ignorância. Se nos limitamos porque escolhemos referenciais baixos, ficamos limitados por mediocridade.

Seja qual for o motivo, não há razões para você aceitar uma vida conquistando menos do que você é capaz. Clichê ou não, você pode muito mais. Como? Se você decidir de verdade virar o jogo e dar um basta no ciclo vicioso da mesmice, certamente vai descobrir o melhor caminho. Para começar, vai passar a escolher melhores influências para sua vida.

Comentários

comentários