VoceoqueNemmaisenemmenos

Você é o que é. Nem mais e nem menos

Superestimar-se é tão grave quanto subestimar-se. A diferença é que o indivíduo que se superestima coloca muita coisa a perder e o que se subestima torna-se inapto a conquistar qualquer coisa. Você é o que é. Nem mais e nem menos. Agora, não confunda superestimar-se com ter auto-estima e nem subestimar-se com ter humildade. São coisas completamente diferentes. Auto-estima junto com humildade geralmente resultam em muito crescimento.

Também não se atreva a fazer presunções com a sua suspeita e conveniente opinião sobre si mesmo. Não confie nisso. Considere-se suspeito para fazer auto-adjetivações. Avalie-se através de seus resultados em primeiro lugar. Isso vale muito mais do que opinião e feedback de terceiros, uma vez que popularidade não faz um empreendedor e nem um executivo, mas sim as suas realizações concretas.

Comentários

comentários