__umtexto

Um texto para quem acha que a caminhada está difícil

Do ponto de vista racional, entender que é possível progredir socialmente e chegar até a conquista de seus projetos não é tão difícil, principalmente quando se ouve depoimentos de pessoas que chegaram lá, oriundos de condições tão difíceis ou mais desafiantes que a sua. Ao ouvi-los, aumentamos nossas referências e ficamos mais encorajados e dispostos a seguir adiante.

No entanto, muitas vezes, o maior desafio é mesmo conseguir suportar na prática a pressão da caminhada e lidar com as adversidades encontradas pelo caminho, tais como falta de rescursos, falta de apoio dos mais próximos e até a precariedade em detalhes mais simples, como, por exemplo, o transporte público bovino e a hostilidade com que somos tratados quando ainda não conquistamos uma credibilidade no mercado.

Lembro-me bem, aos 20 anos de idade, quando estava para me casar e tentava alugar um simples apartamento numa zona mais próxima do trabalho a fim de deixar de fazer mais de 2 horas de viagem todos os dias pela manhã. Sentia-me absolutamente ignorado e subestimado pelo tratamento recebido pelas imobiliárias que consideravam insuficientes os meus documentos e sequer me recomendavam para os proprietários. Uma espécie de barreira intransponível que toda pessoa que não tem uma referência ou não vem de uma família com mais patrimônio encontra no mercado.

Hoje, entendendo que o excesso de garantias dadas pela lei aos inquilinos que não pagam o aluguel, aliado à demora da justiça brasileira, faz com que o transtorno de um proprietário para retirar um inquilino de sua propriedade seja enorme e muito custoso. Com isso, no final do dia, essas tais “garantias” são revertidas contra os que ainda estão começando a vida, pois os proprietários de imóveis acabam ficando extremamente precavidos com eles. Nos EUA, por exemplo, não pagou o aluguel, em pouco tempo, ele já está despejado, caso não haja acordo entre as partes. Com isso, para começar a vida, fica muito mais fácil, pois torna-se muito mais simples qualquer pessoa alugar um imóvel, mesmo sem ter muitos documentos.

Por isso, hoje, entendendo mais os dois lados da moeda, digo que não adianta ficar revoltado pelas barreiras que presenciamos no país. Se a regra do jogo é essa, o jeito é encarar um caminho mais penoso e estar DISPOSTO a enfrentá-lo. Quem perde tempo se lamuriando ou se lamentando fatalmente terá mais dificuldades para atravessá-lo. O que fazer?

Sim, inteligência emocional é um ingrediente fundamental. Além disso, é preciso dividir o que é definitivo e o que é provisório. Explico melhor:

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Saber gerenciar suas emoções e não permitir que essas o sabotem é fundamental para seguir pela dura caminhada em direção à realização de seus sonhos. Haverá momentos em que você vai querer jogar tudo para cima, é fato. Não existe um ser humano sequer que não tenha pensado em desistir. Eu ficaria o dia inteiro escrevendo sobre todas as ocasiões wm que achei que não era mais para mim…

Suas emoções são seu melhor amigo ou o mais cruel de seus inimigos. Ansiedade, medo, frustração, angústia, preguiça, revolta, complexos de inferioridade, rejeições, questionamentos, dentre outras guerras que ocorrem no mais sangrento campo de batalha – sua mente – são apenas alguns exemplos do quanto suas emoções podem tentar matar seus sonhos.

Por outro lado, determinação, resiliência, decisão, persistência, disposição, saber o que quer, saber o que não quer, ambição, foco no futuro, dentre outras armas, podem lhe ajudar a atravessar esse vale sombrio que a sociedade preparou para você.

Suas emoções podem estar a seu favor ou estarão prontas para lhe escravizar e lançá-lo no mar do vitimismo ou coitadismo. Se você for por esse caminho, não faltarão os que vão lhe receber de braços abertos para alimentar sua revolta e lhe recrutar para o exército dos descontentes e injustiçados.

DEFINITIVO X PROVISÓRIO

Quando você está no meio da jornada, é fundamental diferenciar o que é o definitivo e o temporário. Para explicar isso, eu gosto de dar o exemplo do cheque pré-datado.

Imagine que você receba um cheque de 10 milhões de reais pré-datado para 10 anos. Um cheque que você tenha a certeza de que será compensado. Faço, então, uma pergunta: Você é milionário hoje ou daqui a 10 anos?

Apesar de não ter o recurso de forma imediata, tecnicamente você já é milionário, ainda que pelos próximos 10 anos ainda tenha que lidar com a cobrança de seus credores, com a escassez e limitações. No entanto, o que poderá dar um outro sabor é a consciência de que as privações são provisórias. É como se uma blindagem emocional funcionasse como um anestésico para situações que, em outro tempo, seriam de grande estresse, simplesmente pela certeza de que seu cheque pré-datado será compensado e toda privação será eliminada.

Quando se tem um projeto e tomou-se uma decisão de trabalhar forte para realizá-lo, cabe a você tomar posse da convicção de que toda dificuldade que esteja vivendo passou a ser provisória. Isso é um ponto de vista? Um recurso psicológico? Chame do que você quiser. Quem está decidido a fazer acontecer sabe que é apenas uma questão de tempo chegar aonde deseja. Para esses, a certeza de que seu cheque pré-datado será compensado é absoluta e certamente ninguém lhe convencerá do contrário.

A partir desse momento, o ônibus cheio, os que insistem em lhe criticar, a falta de recursos, o desprezo das imobiliárias e o pouco caso de seu gerente de banco, tudo isso passa a não lhe incomodar mais, pois é imediatamente encaminhado para a pasta de PROVISÓRIOS e trocado pela certeza de que um dia será até “engraçado” olhar para trás e ver tudo que foi superado.

Nesse dia, tudo muda. Os críticos vão lhe dar tapinhas nas costas, as imobiliárias vão lhe mandar convites VIP para novos lançamentos e vários gerentes de banco vão lhe convidar para pagar seu almoço, tentando lhe conquistar e, com isso, tentar bater suas metas do mês. Não se irrite. O sistema é assim mesmo…

Foco no objetivo.

Força, GV!

 

Comentários

comentários