2- Um a mais na multidão? Não

Um a mais na multidão? Não

Se eu tivesse 18 anos e R$ 100 no bolso, jamais teria um emprego de qualquer espécie. Encontraria um produto com o qual me identificasse para vender, a começar, para meus amigos da escola e vizinhos.

Com o tempo, o crescimento e a experiência de compras, estoque, logística, vendas, atendimento ao cliente, inovação de processos, pesquisa, marketing, branding, administração, investimentos, tudo isso e muito mais, concentrado numa atividade inicialmente pequena e despretensiosa de um jovem ainda sem muitas preocupações, porém promissora e com grandes aprendizados, ao adquirir toda essa experiência e ao ampliar o meu capital através das vendas, novas portas se abririam, novas conexões e, principalmente, novas oportunidades.

Do outro jeito, escravo da porcaria da CLT, este mesmo jovem de 18 anos seria apenas um a mais na multidão…

Comentários

comentários