cabecalho-1-Sobre o iPhone 6

Sobre o iPhone 6…

Acabei de ler uma matéria que faz um ranking dos países onde o iPhone é vendido pelos preços mais caros. Advinha quem foi o vencedor? Não precisa ser nenhum gênio para responder. O iPhone mais caro do mundo é vendido no Brasil.

Muita gente se pergunta o porquê de sempre comprar os produtos bem mais caros que em outros países. As razões também são bem simples:

1. Carga tributária – Todo produto eletrônico importado, ao entrar no país, recebe nada mais e nada menos que 60% de imposto de importação. Em seguida, temos mais ICMS, PIS, COFINS etc. Enquanto nos EUA o imposto sobre as vendas, dependendo do Estado, gira entre 6% e 8%, no Brasil, a carga de impostos embutidos em todos os produtos é em média de 50%.

2. Tolerância e falta de referencial – Brasileiro gosta de pagar caro, sente orgulho porque pagou caro, é tolerante a preços exorbitantes e, além disso, conhece pouco a vida fora do país e como a população de outros países tem acesso a uma sociedade com segurança pública e preços acessíveis. Brasileiro está acostumado a pagar três vezes pelo carro, duas vezes mais pela gasolina, duas vezes mais por um imóvel, oito vezes mais pelos juros, mais pela comida, além de estar mais acostumado a ser roubado e faz isso de forma passiva. Além disso, não se escandaliza mais com os recorrentes casos de corrupção em seus governos.

Todo mundo usa o serviço de uma operadora de celular quando compra um aparelho. Eu, por exemplo, como morei nos EUA, sou cliente da AT&T há 5 anos. Por isso, estimulado pela onda de notícias sobre o iPhone 6 no Brasil, que chega a custar R$ 4.300,00, o mais caro do mundo, resolvi comprar o meu, nos EUA, é claro.

Bem, como uma imagem fala mais do que mil palavras, abaixo, os preços do iPhone para o cliente da AT&T nas versões:

  • 16Gb (US$ 199,00)
  • 64Gb (US$ 299,00)
  • 128Gb (US$ 399,00)

Tudo isso com frete grátis, podendo ser parcelado em até 24 vezes. Ou seja, um iPhone 6 de 128Gb pode sair por 24 x US$ 16,00 para um cliente da AT&T nos EUA. Como a concorrência é grande, o preço é praticamente o mesmo em outras operadoras, para contrato de 2 anos.

Em outras palavras, você se mata para trabalhar, paga cerca de 50% de impostos embutidos sobre os produtos e ainda tem que ouvir notícias de que o dinheiro que você pagou de impostos é roubado na Petrobras, que o seu dinheiro é roubado em esquemas para comprar votos no Congresso, é carregado dentro da cueca, transita em malas de sala em sala nas mãos dos políticos corruptos e é esbanjado no uso de seus cartões de crédito corporativos. Como se não bastasse, ainda é obrigado a ver a cara dos políticos na TV fazendo propaganda para sair bonito na foto, sabendo que essa propaganda também é feita com o seu dinheiro. Muito dinheiro.

Enquanto isso, o americano paga 24 x US$ 16,00 para comprar seu iPhone 6. Já o brasileiro, escravo do sistema ao qual é submetido, paga no mesmo aparelho (iPhone 6 de 128Gb) o valor mais caro do mundo. Ou melhor, acaba não pagando, porque não tem condições de pagar. Simplesmente, fica sem, chupando o dedo.

Saber o que acontece em outros países é muito importante para avaliar o que temos em nosso país. Cobre resultados de seus governantes. Cobre com vontade. Eles trabalham para você e, para variar, também são pagos com seu dinheiro.

Comentários

comentários