img-orlando

Nada pode deter quem realmente quer realizar seu sonho

fotoNesta semana, uma notícia muito triste foi dada pelo Orlando City. Yordany Álvarez, volante contratado no início deste ano para atuar em nossa estreia na MLS, terá que se aposentar, aos 29 anos de idade, por problemas médicos, depois de um súbito desmaio em pleno estádio lotado, durante uma partida no último dia 7 de junho.

Yordany é cubano e há 5 anos, ao participar de um torneio internacional na Flórida como atleta amador, parte de uma delegação cubana, tomou uma decisão que mudaria sua vida: deu um abraço de despedida em seus companheiros e fugiu pela porta dos fundos do hotel com apenas 500 dólares no bolso.

Quando tomou essa iniciativa, sabia que jamais poderia voltar para rever seus familiares na ilha que vive numa ditadura por mais de meio século, que impede, dentre outras coisas, que a população tenha a liberdade de ir e vir. No entanto, seu desejo de ser livre e conquistar uma vida melhor falou mais alto. Em pouco tempo, ganhou um visto de permanência nos EUA através de um processo de asilo político e se tornou um jogador profissional bem sucedido nos EUA, podendo enviar dinheiro para ajudar sua família, que vive em condições precárias em Cuba.

Mas a história de Yordany ainda não acabou. Entendemos que ele tem uma trajetória de superação, de sonhos e de muito trabalho. Yordany acabou de ser contratado para ser um de nossos técnicos da divisão de base do clube, que conta com mais de 2.300 alunos, sendo 180 atletas de alto rendimento.

Seu exemplo de superação ainda será muito valioso para as novas gerações.

Até que ponto você está realmente disposto a se superar para realizar seus sonhos?

Comentários

comentários