eunaoresistoabonsargumentos

Eu não resisto a bons argumentos

Aqui no GV, sempre critiquei os concursos públicos e principalmente a mentalidade parasita de muitos funcionários públicos que desperdiçam seu potencial em troca de estabilidade. Resultado: péssimos serviços públicos oferecidos à população e funcionários sem vocação e infelizes.

É fato que nem todos terão a ambição de empreender e ser bem sucedidos em seu próprio negócio como eu estimulo. Mas, certamente, alguns terão a vocação para assumir cargos públicos a fim de mudar esta realidade. Esses eu não os chamo mais de funcionários públicos, a partir de agora vou chamá-los de empreendedores públicos.

Conversei com uma pessoa sobre este tema que me deu bons argumentos para eu flexibilizar o meu discurso a fim de incentivar esses potenciais empreendedores públicos. Eu nunca resisto a bons argumentos.

Empreendedores públicos: gente com mais ideal do que ambição, que se dedica de sol a sol para passar honestamente num concurso público e que tem um forte desejo de fazer as coisas acontecerem num setor cheio de irregularidades. Gente que não se vende, mas que tem vocação para servir a população e construir a mudança que o Brasil precisa, melhorando os serviços oferecidos à população.

Esses empreendedores públicos têm o meu respeito.

Comentários

comentários