Cuidado com o óbvio

Falhamos frequentemente no óbvio por subestimarmos aquilo que pressupomos já estar dominado de olhos fechados. Capriche, confira pela segunda vez e não seja surpreendido por falhas grotescas. Confie em si próprio, mas não tenha excesso de autoconfiança. Muitos acidentes de trânsito acontecem a poucos quilômetros de casa quando o motorista já está relaxado, bem como acidentes domésticos ocorrem onde menos se espera.Flávio Augusto

Comentários

comentários