__ney

Força, Neymar

_0_contasapagar

Quer ser um pagador de contas pelo resto da vida?

Não adianta apenas saber ganhar bem. É importante saber gastar bem. Se você gasta 100% do que ganha (e, em alguns casos, 110%, porque contrai dívidas), você vai passar por […]

_0_torcedorchorando

Uma análise da derrota do Brasil

Não há razão, explicação ou justificativa que me faça sentir felicidade alguma ao ver o Brasil perder de 7 x 1 numa semifinal de Copa, dentro do Brasil. Não fico […]

__doc

Começam as aulas do meuSucesso.com

Nesta segunda-feira (7), vai começar o primeiro estudo de caso da plataforma meuSucesso.com. O primeiro empreendedor a ser colocado do avesso em nosso estudo fui eu mesmo (rsss). Até o […]

Não tema os ladrões

O ladrão pode roubar seus bens, mas não seu brilho nos olhos. Levante a cabeça e siga em frente para conquistas ainda maiores.Flávio Augusto

__ney

Força, Neymar

Tenho um filho de 14 anos que é atleta sub-15 e assinou contrato com um grande clube de futebol na Europa. Desde que ele começou a jogar em categorias de […]

__empreendedor

Acredite em você

Muitas vezes, a felicidade incomoda os tristes. O sucesso incomoda os que lutam sem resultados. Os que amam, incomodam os que se decepcionaram e os que sonham incomodam os que […]

__question

Empreender ou não empreender?

(Um texto do ponto de vista de um empreendedor. Não se ofenda) A realidade é que não temos o controle como pensamos ou desejamos ter. A vida, por definição, é […]

__vento

Ao balançar a árvore, as frutas podres caem

Se fosse fácil vencer, não haveria mérito. Se fosse impossível, não haveria esperança. Se um único ser humano chegou lá, já é suficiente para que fique provado que é possível. […]

Previna-se da mediocridade

“Com quem fazer” vale mais do que “o que fazer”. Quando essa lógica se inverte, a mediocridade reina.Flávio Augusto

_0_limo

Acredite nos projetos

Fui convidado pra dar uma entrevista pra um documentário aqui nos EUA e eles mandaram um “carro” pra me buscar (confesso que achei engraçado). Quando eu pegava o trem “Santa […]